segunda-feira, 22 de outubro de 2012

A insatisfação transborda e dói! Mas a vida segue!

O mundo vai mundo além do que os olhos podem ver, muito mais do que dizem as palavras. A ignorância existente nas pessoas são meros reflexos da convivências com pessoas inferiores, dos quais igualam-se à sua volta. Dar valor as coisas cotidianas pode parecer monotonia para uns, mas para outros é das coisas cotidianas que se tem o sustento e as responsabilidades. É muito fácil usufruir das coisas boas, o dificil é reconhecer o quanto custou de doação por tais merecimentos. Quem olha de fora acha tudo muito lindo, mas só quem é protagonista consegue enxergar o verdadeiro valor. Todos temos defeitos, eu como ser humano tenho muitos, eu peco, eu erro e volto a errar, mas tento cada dia que passa melhorar. Mudei muito, mas não tanto para ser palhaça do picadeiro, sou chata sim, egoísta as vezes, ignorante quando é preciso, volto atrás, vou atrás de quem merece e muitas vezes mesmo estando certa, mas quem vê isso? como me disseram outro dia "coisas boas que fazemos pelas pessoas ninguém as reconhecem"...é isso ai, correr atrás de quem se ama mesmo estando com a razão e ser ignorada dói, dói ouvir dizer que "tanto faz"...mas tudo bem, o amor perdoa, o amor entende, mas o amor também tem seus princípios, seus objetivos e suas qualidade. Bobo sim, mas não idiota para só leva e continuar como em um mar de rosas, as vezes os espinhos machucam, e a constância de machucados tornam-os incuráveis. É muito difícil ter que virar as coisas para sua vida e tentar ter a sua independencia social, é dificil acreditar que planos tão concretos se desmancham como areia com meras palavras, daí vê-se a quão frágil é um amor talvez julgado eterno, algo pré-destinado talvez, mas assim como o destino coloca pessoas em nossas vidas, ele também as tiram. Cansei de me importar tanto com o deslexo de outrem, cansei de viver me preocupando com o que vão pensar disso ou daquilo, eu sei o que devo fazer, mas talvez não tenho a preparação necessária, mas vou tentando dar valor a quem me dá valor, reconhecer as coisas boas sempre, agradecer a todo momento, mas saber virar as costas quando algo ti machuca, mesmo que o ame mais que tudo as vezes é preciso para a vida continuar seu ciclo, não digo abandonar, apenas aprender a ignorar e dexar acontecer...Cada um tem sua conciência e sabe a consequências de seus atos, posso dizer que aprendi muito já com a vida, e agora vivo com uma conciência tranquila e sem medo de nada, meus sentimentos são inabaláveis, sem teto de vidro, mas é decepcionante ver tal doação e não ter tanta reciprocidade, mas tudo bem, nada que faço exijo retorno, faço de coração, faço por que quero, mas tem gente que faz como obrigação, "porque tem que fazer o serviço completo", ops não sabia que tinha um chofer, mas tudo bem, ai se vê a diferença das atitudes. Há vão pensar "roupa limpa se lava em casa?" não estou lavando nada aqui, apenas quiz escrever...pensem o que pensar...afinal não tô nem ligando para o que pensem mais, só sei do que eu acho e sinto, já que o tanto faz reina, e o olhar de insatisfação já virou tão rotineiro quem nem nas atitudes se disfarça mais, tudo bem, sei que fiz e faço o meu melhor, se não achas suficiente, o mundo está de portas e janelas abertas, não precisa me leva nas coxas...né!!!...rs
Boa Semana pessoal!! bjitos no ♥!!!